10 julho 2009

Bateria do notebook. Cuidados para aumentar a vida útil.

Quer saber algumas dicas de como não gastar dinheiro por conta de uma bateria perdida logo no primeiro ou segundo ano de uso?
Este artigo é destinado a todos aqueles que desejam saber um pouco mais sobre baterias, aumentar a vida útil, cuidados...
Pesquisei um pouco na internet, entrei em contato com alguns técnicos e reuni algumas informações que aprendi, qualquer informação incorreta ou incoerente peço que me informem.

Introdução

As baterias Li-ion são um tipo de baterias recarregáveis muito utilizadas em equipamentos eletrônicos portáteis. Armazenam o dobro de energia que uma bateria de hidreto metálico de níquel (ou NiMH) e três vezes mais que uma bateria de níquel cádmio (ou NiCd). Outra diferença da bateria de íons de lítio é a ausência do efeito memória (não vicia), ou seja, não é preciso carregar a bateria até o total da capacidade e descarregar até o total mínimo, ao contrário da bateria de NiCd.

As baterias Li-Ion são uma tecnologia relativamente recente. Os primeiros testes foram feitos na década de 70, utilizando o lítio na forma de metal, com resultados quase sempre catastróficos. O lítio é um material muito instável e por isso as baterias explodiam, destruindo os equipamentos e até ferindo os operadores. Durante a década de 80, as pesquisas se concentraram no uso de íons de lítio, uma forma bem mais estável. Em 1991 a Sony lançou as primeiras baterias comercias.

Vida Útil

As baterias da década de 1990 normalmente duravam menos de 3 anos, quer a bateria fosse utilizada ou não. Depois do primeiro ano acontecia uma queda de 5 a 20% na autonomia (dependendo das condições de armazenamento da bateria), no final do segundo ano a bateria segurava apenas metade da carga e no final do terceiro não segurava mais carga alguma. As baterias suportavam em torno de apenas 300 ciclos de carga e descarga, de forma que uma bateria muito exigida chegava a durar apenas alguns meses.

Com melhorias nas ligas e processos de fabricação utilizados, a durabilidade das baterias aumentou. Não é incomum que uma bateria Li-ion atual, conservada adequadamente, dure 4 ou 5 anos e suporte 500 ciclos de recarga ou mais. Apesar disso, os problemas fundamentais continuam.

As baterias Li-ion se deterioram mais rapidamente quando completamente carregadas ou quando descarregadas, por isso o ideal é deixar a bateria com de 40 a 50% de carga quando for deixá-la sem uso. O calor acelera o processo, por isso, quanto mais frio o ambiente, melhor.

Bateris de Li-ion possuem um microprocessador interno que armazena informações de carga e descarga efetuadas como se fosse um log, um diário que guarda todas as informações. Esse chip, consome energia, então, mesmo com o aparelho desligado ele consome cerca de 5% da carga total ao mês.

Sobre a carga inicial, o ideal são 12h. Esse tempo é suficiente para que o material eletroquímico receba a carga completa para que o microprocessador colete todas as informações necessárias para saber se a bateria está em saúde perfeita. A bateria é composta de materiais eletroquímicos que perdem propriedades independentes do uso. Então quando for comprar uma bateria verifique a data de fabricação, pois a bateria pode ter uma vida útil muito menor que uma que acabou de ser fabricada.

O AC não queima ciclos da bateria quando ligado em um tempo extenso. A princípio, retirar a bateria de um notebook que fica ligado na tomada na maior parte do tempo seria uma boa idéia para aumentar sua (da bateria) vida útil. O problema é que a maioria dos notebooks usam a bateria como escape para picos de tensão provenientes da rede elétrica. Removendo a bateria, esta proteção é perdida, o que pode abreviar a vida útil do equipamento.

Cuidados

Alguns cuidados precisam ser tomados para alcançarmos um bom tempo de vida de nossa bateria.
  • uma boa dica é manter a bateria em ambiente e temperatura adequados, isso é indicado pelo fabricante
  • remover a bateria com pelo menos 40% de carga se não for utilizá-la por um período longo de tempo para evitar vazamantos
  • cuidados com a temperatura, não deixar o note no carro, exposto ao sol, ou no porta malas, o calor danifica a bateria
  • utilizar os esquemas de energia para gerenciar o consumo. Processador, monitor, clock, brilho do monitor, tudo isso consome energia, então o ideal é você utilizar o gerenciador de energia
  • a bateria deve ser frequentemente carregada
  • deve ser evitado ao máximo que a bateria chegue em sua carga mínima, "desligando" o aparelho.
  • a bateria é sensível ao calor, deve-se evitar expor a bateria ao calor. Quando a bateria estiver totalmente carregada, deve ser retirada do carregador, evitando-se assim que a mesma aqueça.
Modo de Espera vs Hibernação

Ao contrário do que muitos pensam quando o pc ou notebook estão em modo de espera, ou standby, eles continuam consumindo energia, isso porque os aplicativos ficam abertos na memória e a bateria mantém a memória ativa. Se você deixou seu notebook no serviço em modo de espera e foi almoçar e quando voltou ele estava desligado, provavelmente foi porque a bateria acabou.
Hibernação é o processo no qual se armazenam as informações atuais do pc ou notebook no disco e após isso o aparelho "desliga". Logo não há consumo de energia.
Economia

A configuração correta do sistema, os esquemas de energia dos SOs, ajudam bastante na hora de economizar. Dispositivos USB são alimentados pelas portas usb, portanto, se quer economizar bateria, utilize o mínimo de dispositivos conectados as portas usb. Dispositivos sem fio também aumentam o consumo, a placa de rede wireless, bluetooth, ... consomem energia, desligue se não estiver utilizando.

Uma dica interessante:

A quantidade de memória do notebook pode influênciar no consumo de energia, quanto menos memória ram mais se utiliza disco, a memória virtual. O disco é uma peça mecânica que consome muito mais energia que a memória ram, então a bateria será mais utilizada.

O Windows Vista tem melhor gerenciamento de energia que o Windows XP, porém o vista aero faz com que o Vista use mais processamento, aumentando o gasto de energia. Removendo as propriedades do aero você terá mais economia de energia.

Dica (Software):

Notebook Hardware Control (NHC)

Com o Notebook Hardware Control você pode facilmente controlar os componentes de hardware do seu Notebook.

Ele permite:

  • controle do hardware e do sistema de gerenciamento de energia
  • personalizar o notebook (open source ACPI Control System)
  • prolongar a vida útil da bateria
  • resfriar o sistema e reduzir o consumo de energia
  • controlar o hardware para evitar a falha do sistema
  • deixar seu notebook quiet
NHC não só é muito poderoso, que tem uma interface amigável, é fácil de usar e gratuito para uso privado. Um grande número de utilizadores apreciam as vantagens do NHC que se torna um dos principais programas para controlar a alimentação do hardware de notebooks modernos.

Em breve escreverei um artigo sobre o NHC, explicando como utilizá-lo da melhor forma, configurações...

Obs.: Essas dicas não se aplicam somente para baterias de notebook, mas também para celulares, smartphones,... tudo que usar baterias Li-ion.

Gostou? Então deixe um comentário, é muito bom receber comentários sendo positivos ou negativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um dos melhores sites de estratégia para jogadores de poker. Além de vários artigos e vídeos   você ainda recebe até $150 para começar a jogar. Quer saber como? Clique no banner.